0

A viagem à Grécia

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Finalmente consigo escrever sobre a nossa viagem à Grécia (Atenas e Kefalonia), a primeira para fora da Península Ibérica, com os três filhos. 

A viagem foi no início de Agosto, ou seja, época alta e muito calor, mas não achámos que estivesse insuportável em termos de ocupação.

Voos:
Viajámos pela Aegean, uma companhia grega que adorámos. Fizemos Lisboa- Atenas e como houve uma antecipação do voo de um dia, a própria companhia garantiu-nos a estadia, refeições e transfer. 
Para Kefalonia viajámos pela low cost do mesmo Grupo, a Olimpic Air, que também nos agradou bastante. 






Estadía (kefalonia)
Há imensa oferta ao nível de estadia. Sinceramente não pesquisámos hotéis, fica sempre mais dispendioso, e por isso também não sei se há algum com regime tudo incluído ou não. Mas na minha opinião, quem vai de férias para uma ilha cheia de praias paradisiacas, o melhor será ficar numa casa/apartamento e alugar um carro para passear pela ilha. Foi o que nós fizemos.
Há casas com valores desde 400€ por uma semana, reservado com muita antecedência. Optámos por ficar em Argostoli, a capital e não nos arrependemos. Estávamos perto do aeroporto, de supermercados e relativamente no meio da ilha, ideal para nos deslocarmos para as várias zonas.

Roteiro e praias:
Há praias maravilhosas em Kefalonia, umas mais conhecidas, outras menos, mas quase todas muito boas para crianças.
É indispensável levar sapatos de borracha para todos. Dessa forma, aproveita-se mais as praias.

Myrtos, é a mais famosa e de facto é linda. Antes de se descer à praia, direção Norte, Sul, aconselho a ver a vista. Tem pedras e a água tem uma cor maravilhosa. Do lado esquerdo, tem uma gruta que se pode entrar. 
No dia que lá fomos, aproveitámos para visitar a Vila de Assos, que adorámos. Aconselho a ir ao final da tarde e jantar por lá. 









Petani, não tão famosa, mas uma das minhas preferidas. Também tem uma vista maravilhosa. 






Antissamos, é uma praia com um óptimo restaurante e apoios de praia. No dia em que fomos a esta praia,  fomos a Melisani Cave, umas das principais atrações da Ilha. O ideal será entre as 11h e as 13h, mas prepararem-se para as filas. Também aproveitámos para conhecer a vila Sami








Kimila, uma praia a Norte, que não é de fácil acesso. Tem de se andar uns 15 minutos a pé. Depois desta, pegámos no carro e fomos para a Foki, que vale muito a pena, porque parece um lago suíço. Nesse mesmo dia visitámos a vila Fiskardo.







Makris Gialos, foi a praia que fomos mais vezes, porque ficava a 10 minutos da casa. É a mais massificada que visitámos, de areia, mas não é impossível arranjar espaço para estender a toalha. Tem um bar/restaurante bastante agradável, o Costa.Costa e a água é completamente transparente. É uma óptima opção para quem não quer alugar carro todos os dias. 





As estradas em Kefalonia ainda são más, o que dificulta as deslocações. Tem muitas curvas e para fazer 50km chegávamos a demorar 1hora e meia. Com crianças não foi sempre fácil, mas eles aguentaram. O que fizemos foi intercalar os dias de praia mais longe com a mais perto, a Makris. 
Não é um destino para famílias que gostem de hotéis tudo incluído, é um destino para a aventura. O trio portou-se muito bem e adorou. As praias são mesmo muito boas para as crianças, não há ondas nenhumas. 

Atenas

Ficámos cerca de 24 horas em Atenas e basicamente só visitámos a Acrópole e passeámos pelas ruas. Não adorámos Atenas, no entanto, ficámos surpreendidos com a limpeza da cidade, não sei é se foi por ser em Agosto. 
Ficámos hospedados numa casa mesmo ao lado da Acrópole, que encontrámos no booking. 









Espero ter-vos deixado com alguma vontade de visitar Kefalonia!! Já conheciam? 
Alguma dúvida, disponham!! 







Sem comentários

Publicar um comentário

Blogs Portugal