0

Só quem passa pela situação é que imagina!

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Ouvimos falar de bebés prematuros que pesam menos de 1kg, que precisam de ficar uns dias numa incubadora, mas não temos a noção do que isso significa e implica. São bebés muito mais pequenos do que alguém que não tenha visto nenhum, consegue imaginar. São muito frágeis e sensíveis a qualquer ruído ou manipulação mais forte e requerem muitos cuidados minuciosos, como uma simples troca de fralda, para se manterem ligados à vida. Infelizmente, é um número que tem aumentado ao longo destes últimos anos. Em Portugal, cerca de 1 em cada 13 nascimentos ocorrem antes das 37 semanas de gestação. Por esta razão, é importante que haja uma evolução na indústria de produtos para o cuidado do bebé que nasceu prematuro. Recordo-me, que quando os meus filhos nasceram, os enfermeiros e até eu, tinhamos de cortar e selar fraldas para que se adequassem aos seus pesos de cerca de 1kg. Relembro que o mais pequeno nasceu com 965 g e o maior com 1130g, peso que baixou ainda mais nos dias seguintes ao nascimento. 
Por este motivo, é óbvio que a minha alegria é imensa, ao receber a notícia de que a Dodot desenvolveu umas fraldas mais pequenas, as Dodot Sensitive Prematuro tamanho -3, que são três vezes mais pequenas do que as fraldas para um recém-nascido de termo. Em números, são fraldas que se adequam a bebes com um peso inferior a 800g. E melhor notícia ainda, é que a marca doará a partir de Janeiro de 2019, 200.000 fraldas aos hospitais portugueses. Agora só anseio que a Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais onde os meus filhos nasceram e onde eu também trabalho, seja uma das privilegiadas. 

Para que tenham uma noção mais real do tamanho de um prematuro extremo, deixo-vos a fotografía do gorro que a minha filha usou um mês depois de nascer e de um gorro de recém-nascido, assim como o tamanho da fralda Dodot T-3 comparativamente com uma fralda T3.








A Dodot vai ajudar os nossos pequenos guerreiros, mas nós também podemos ajudar partilhando o video abaixo em que cada partilha, a XXS- Associação Portuguesa de Apoio ao Bebé Prematuro, recebe 1€. 






Sem comentários

Publicar um comentário

Blogs Portugal