0

Para o dia dos namorados...

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Não, infelizmente não tenho nenhum fim de semana romântico para vos oferecer! Eu também gostava mesmo muito, mas desta vez o cúpido pregou-nos uma partida e acertou-me com a seta errada, uma gripe com amigdalite. Por acaso, nem tinha nada preparado, até porque nunca fui muito de comemorar o Dia dos Namorados, que se tornou mais comercial que outra coisa. No entanto, desde que fui mãe e logo de trigémeos, o tempo a dois reduziu substancialmente, para não dizer que desapareceu e comecei a valorizar mais estes dias para pensar em nós, enquanto casal. Pode ser visto como um lembrete para todos os casais que deixaram apagar a chama, seja por filhos ou não, para recordar que não devem deixar de namorar, de ter momentos a dois, de valorizar o outro e mimar com um presente de vez em quando. Não deixem de ser mulher e homem, apenas porque se tornaram mãe e pai.
Se não têm forma de ficar sozinhos, porque não um programa em família, e aproveitar para mostrar aos filhos o amor que vos une, ou porque não passar o dia em casa, a beber um belo vinho ou champanhe, a relembrar as belas canções de amor! 

  Retirado daqui

Sem comentários

Publicar um comentário

Blogs Portugal