0

Perder o medo...

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Quando o trio tinha cerca de 9 meses, frequentámos umas aulas de adaptação ao meio aquático, mas como nessa altura as doenças eram mais que muitas, dia sim, dia sim, a assiduidade era muito pouca. Apesar de terem gostado, acabámos por desistir, pelas doenças e pela dificuldade em mover três adultos para dentro da piscina para acompanhar o trio (um adulto para cada criança).
Em 2015, já nem tentámos a natação, com a esperança de poder aproveitar bem à praia e a piscina dos avós! Mas, saiu tudo furado, os três mal queriam molhar os pés. O medo do desconhecido, não lhes permitiu um único banho em todo o Verão. Apenas a Maria, arriscava um pouco mais, molhava até aos joelhos. Pode até ser um ponto positivo, principalmente para o descanso dos pais, mas para mim, que sempre frequentei piscinas e muita praia, não consigo imaginar outro verão sem um único banho com os meus filhos. Além do facto, da água do mar ser óptima para os ouvidos e nariz. Por esta razão, aliando as tardes de filho único com o horário das aulas de adaptação ao meio aquático, vou para a piscina com cada um, individualmente. 
O meu objectivo não é que aprendam a nadar, é apenas que percam ligeiramente o medo de ir à água acompanhados por um adulto. Começámos hoje pela Maria. Esteve todo o tempo receosa e meio desconfiada. Dentro de água ainda tem medo, mesmo agarrada a mim, mas até correu melhor do que eu estava à espera! Para a semana irão os manos. 


Sem comentários

Publicar um comentário

Blogs Portugal